Rapper Ja Rule deixa prisão em Nova York, mas ainda tem pena a cumprir





O rapper Ja Rule deixou a prisão em Nova York nesta quinta-feira (21) após cumprir a maior parte da pena de dois anos por porte ilegal de arma. Entretanto, ele foi encaminhado a uma prisão federal por conta de um caso no qual não pagou impostos entre 2004 e 2006.
Por ser uma celebridade, Ja Rule estava preso sob proteção no Centro de Mid-State e ainda tem tempo a cumprir da sentença de 28 meses por evasão fiscal, disseram oficiais. As autoridades esperavam que ambas as sentenças fossem cumpridas simultaneamente.
Ja Rule tem menos de seis meses de pena e pode ser enviado a uma casa de recuperação, segundo a advogada de defesa Stacey Richman. A ordem para que ele pague US$ 1,1 milhões em impostos atrasados ​​é uma das principais razões para o rapper querer voltar ao trabalho, disse a advogada. "Muitas pessoas estão ansiosas para ver seu talento outra vez".
Seu relatório indica mau comportamento após ele ter feito chamadas telefônicas não-autorizadas em fevereiro de 2012 e mostra que ele trabalhou e participou de programas educacionais.
No caso do porte ilegal de arma, a polícia de Nova York disse ter encontrado uma pistola semi-automática de calibre 0.40 carregada na porta do carro de luxo de Ja Rule após ele ser parado por excesso de velocidade. Ele se declarou culpado em 2010. O rapper também admitiu em março de 2011, em um tribunal federal, que deixou de pagar impostos sobre um valor que supera os US$ 3 milhões, que ele ganhou entre 2004 e 2006 enquanto morava em Saddle River, Nova Jersey.

"De forma alguma tentei enganar o governo ou fazer qualquer coisa ilegal", disse ao juiz na ocasião. "Eu era um jovem que conseguiu um monte de dinheiro e não sabia como lidar com estas finanças, e não tenho pessoas para me guiar, então cometi erros". Richman disse que o rapper de 36 anos de idade, cujo nome verdadeiro é Jeffrey Atkins, está ansioso para a formatura de sua filha. "Ele é um pai dedicado", afirmou.
O rapper foi indicado ao Grammy em 2002 na categoria melhor álbum de rap por "Pain is love". Além da carreira musical, também trabalhou em filmes como "Velozes e furiosos" em 2001 e "Todo mundo em pânico 3" em 2003.

fonte: g1

Compartilhar Google Plus

Autor Luter Hip-hop no ar

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial