Novo disco do Thiagão e os KG deve sair nos próximos mesesO novo Álbum de Thiagão e os Kamikazes do Gueto deve sair nos próximos meses pela Crazzy Rec


O novo Álbum de Thiagão e os Kamikazes do Gueto deve sair nos próximos meses pela Crazzy Records. Segundo a crítica, é um dos álbuns mais mais esperados deste ano. O Disco terá aproximadamente 16 faixas e terá o nome de “Paraná Gangsta”.

Thiagão vem de uma longa caminhada no rap, desde o tempo que era integrante do grupo Conexão do Gueto já mostrava a que veio, dono de uma voz marcante, tornou hits algumas musicas que ecoam até hoje nos barracos por ai, como ´”Tático assassino” parte I, II e III, também “Deus é mais”, Jardim de Pedras, “Só monstro” e muitas outras.

Sua Caminhada só se fortalece, a tempos somando forças na quadrilha, Adriano e Dodo completaram o time de “Monstros” e sem duvidas estão representando nosso Estado lá fora, levando na bagagem musicas que retratam as dificuldades passadas por todos nós que estamos em meio ao descaso governamental, musicas que levam informação ao nosso povo, mensagens de fé e paz, mas também de reivindicação, revolta contra o sistema opressivo.

Aguardem o novo Álbum de Thiagão e os Kamikazes do Gueto…em breve nas ruas.


Rap Angolano - Big P aka Lamborghini aka Pancho - Hashish



Big P aka Pancho/Lamborghini, filho dos Balaz Hood "LS - Luvassa Sul" nos solta mais uma track com titulo "Hashish" que fara parte da Mixtape..."Hashish e uma droga" que sai ainda este ano nos fornos da Ekia Recordz. Sabe-se tambem que o mano esta trabalhando na sua primeira mixtape com titulo "Ponto de Ebuliçao" que encontra-se na fase de ediçao.Por enquanto aguardamos pela mixtape "Ponto de Ebuliçao" deixo-vos esta track.Peco-vos apenas que baixem o mambo e deixem os vossos comentarios na CBOX dos blogz onde vao passar esta track como: CQC, CabMusic, 12T,Luso e muitos outros.

Link pra Download:www.mediafire.com/?e8kgw760sfolisl

Letra abaixo:


Pra veres a letra da musica clica neste link:
www.usaupload.net/d/1m0cldo5yf7

RPW: duas décadas do rap bate-cabeçaGrupo RPW






Grupo RPW completa 20 anos com a formação original e prepara comemorações como shows, gravação de clipes e objetos colecionáveis

Madrugada de quinta-feira, 2h da manhã. Rubia Fraga ainda está acordada para assistir ao Yo! MTV Raps. A cena descrita acima aconteceu durante parte da carreira do grupo de rap RPW, que comemora seu vigésimo aniversário neste ano e retorna ao cenário cheio de novidades...

Saindo da época em que a tecnologia era precária, as colagens eram feitas no tranco e o looping com deck de rolo, o grupo de rap conhecido por inovar com o estilo “bate-cabeça” completa duas décadas com a formação original: Rubia, DJ Paul e W-Yo. Os três comemoram o aniversário do grupo com nostalgia. “Pense que há 20 anos tudo era muito mais difícil. Toda informação e tecnologia eram mais retrógrados, porém, se pararmos para pensar, temos muitas coisas bacanas para contar”, dizem. E têm mesmo. Por isso, um DVD está sendo produzido, com imagens guardadas ao longo dessas duas décadas e com novas, captadas durante os shows e bastidores, o que rende um making of e tanto. São depoimentos e viagens gravados desde 1994. “Chega uma hora em que é preciso compartilhar com os fãs e amigos que nos apoiaram e apoiam até hoje”, dispara W-Yo.

Força feminina

Ponto para o grupo, que tem fãs com quase a mesma idade do tempo de estrada dos integrantes, como é o caso de Moisés dos Santos, conhecido como Cria das Ruas. Há 18 anos ele ouve o som do grupo. “Passei a curtir por conta da levada diferente e por ter uma mulher MC no grupo. Nessa época era raro ver mulher rimando e foi o que mais me chamou atenção”, lembra. Diante dessa colocação, Rubia diz que só pode sentir orgulho de ser parte da história do hip-hop brasileiro. “Quando me lembro do início da minha caminhada e onde estou agora, me sinto privilegiada, por ver, nesse tempo, tantos grupos que estão aí fazendo história também. Ver que existem tantos, como eu, que acreditam na transformação social e artística promovida pelo hip-hop e que, se precisasse fazer tudo de novo, faria sem pensar”, pontua.

Contudo, ela não esconde a dificuldade de ser mulher em um movimento predominantemente masculino. “Eram poucas MCs na época e, realmente, o que mudou nem foi a postura dos manos, e sim a postura das mulheres. Com o tempo, elas aprenderam a se firmar, se impor e exibir seus direitos dentro da cultura hip-hop”, acredita Rubia, que hoje é militante da causa feminina em coletivos como o Hip-Hop Mulher e a Frente Nacional de Mulheres no Hip-Hop. E, para a felicidade do fã Moisés, recentemente ele conseguiu comprar, direto das mãos de Rubia, o CD Talento Não Morre, Recicla, gravado em 2006 e que, para ele, é um dos melhores trabalhos. “O grupo por si é muito bom.Tem estilo próprio e não é cópia de ninguém”, define.

Novos projetos
Para quem anseia por novidades, o grupo anuncia que deve levar, em alguns shows, artistas que gravaram com o RPW no passado, como Ugli C.I. (Filosofia de Rua) e Branco (ex-Pavilhão 9). “Queremos fazer uma espécie de reunião dos anos 1990, para quem não conhece ainda, e também para quem nunca mais nos viu”, enfatiza o grupo. É aí que o fã Ricardo Q-Pam, 32 anos, músico, comemora. Ele ouviu o som do grupo pela primeira vez no extinto programa Projeto Rap Brasil, que rolava na Metrô FM. “E isso foi antes de sair o disco com o single Pule ou Empurre”, recorda. Além de fã, Q-Pam tornou-se amigo dos integrantes e os acompanha sempre que pode. “A ousadia de experimentar e quebrar o paradigma do discurso de rap, na época, me envolveu. Eu, que já vinha do skate, do hardcore e também do rap quando criança, achei a proposta do bate-cabeça muito além daquilo que até então era modelo padrão da cena hip-hop”, acrescenta.

O misto de nostalgia e expectativa não para. Na última semana, o grupo se dedicou à gravação de um novo videoclipe. Na verdade, o segundo em 20 anos. Os integrantes mantêm o suspense sobre qual som será passado para o audiovisual, mas confessam ter participado do roteiro. Além desta novidade, talvez os covers de rap brasileiro voltem aos palcos. Segundo W-Yo, há intenção de documentar essa prática. E engana-se quem pensa que as comemorações param nos 20 anos.

Apesar das brincadeiras dos próprios integrantes, que se dizem “tiozinhos”, o talento e a inovação permanecem. E a correria não para. Quem compara é Rubia, após um show em que dividiu o palco com Sistema Negro, Branco, Filosofia de Rua e DJ San Mix. “Vê-los juntos num palco foi de arrepiar. É mó barato ver os grupos com que você dividia o palco nos anos 1990. Hoje estão todos tiozinhos”, brinca. Já W-Yo enfatiza que está sendo divertido curtir o ano comemorativo, porém, se prepara para escrever letras novas para um novo disco, o sexto da carreira. Paralelamente, trabalhos solos vão sendo gerados. DJ Paul já lançou e gravou algumas coletâneas. Após as comemorações, pretende retomar e reestruturar seu estúdio caseiro. Já W-Yo tem algumas músicas no MySpace, resultado de experiências e parcerias com rappers de outros países, como Alemanha, China, Espanha e Hungria. “Ainda quero concluir esse cronograma de 20 anos do RPW, montar uma banda de ´rapcore` tocando bateria, que é meu instrumento, ou no vocal”, diverte-se.

Voo solo
Rubia pensa também em gravar um disco solo e estuda possibilidades. Até lá, quem não conhece ainda o RPW pode se ligar através dos canais e redes sociais do grupo, acompanhar a agenda de shows e conhecer o bom e velho rap brasileiro, inovador e irreverente sempre. Quem gosta tem ainda a possibilidade de levar para casa os integrantes. Isso mesmo. O grupo está em imãs colecionáveis, underwear e shapes de skate.

Quanto às “rixas” da nova com a velha escola, o grupo RPW é enfático: “O que queremos é só um pouco de respeito e todos ganharão isso falando a mesma língua”.

Pela Web [+] Entre em contato com o grupo RPW [+] Visite o MySpace oficial do grupo RPW [+] Acesse o canal do grupo RPW no YouTube [+] Faça parte da comunidade do grupo no Orkut [+] Acesse a página do RPW na Trama Virtual e baixe músicas e discos [+] Visite o Fotolog do grupo RPW

← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Teste Teste Teste Teste

Com tecnologia do Blogger.

About me

luter3d@hotmail.com
hiphopnoar2008@hotmail.com


CONTATOS

CONTATOS
CONTATOS: luter3d@hotmail.com Luter

Formulário de contato

Nome

Email *

Mensagem *

Google+ Followers

Total de visualizações

Doggueto Original Hip Hop Wear

Doggueto Original Hip Hop Wear
Não simplemente uma logomarca mais sim uma forma inovadora de vestir o público jovem ................................ CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA

Visualizações

Archives

SUBURBANO CONVICTO

SUBURBANO CONVICTO
Livraria Suburbano Convicto * Especializada em Literatura Marginal Rua 13 de Maio, 70 - 2o and - Bixiga São Paulo - SP - CEP: 01327-000 (11) 2569-9151 www.livrariasuburbanoconvicto.blogspot.com suburbanoconvicto@hotmail.com * De segunda à sexta, das 10h às 19h

Minha lista de blogs

Translate

Teste Teste Teste Teste

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Popular Posts

Teste Teste Teste Teste


contador gratis

Flickr Images

Pages - Menu