Hip-Hop no Ato Pela Retirada das Tropas Brasileiras do Haiti


Atênção Todos (as), nessa próxima sexta 10 de Outubro haverá uma Jornada Continental com atos em Varias cidades do Brasil e outros países da America Latina pela Retirada das Tropas do Haiti, liderada pelas Tropas Brasileiras. Aqui em Maceió o Ato será no Calçadão do Comércio apartir das 16hs. O Ato daki de Maceió terá presença de Jovens de Periferia, estudantes trabalhadores, sindicalistas etc. Haverá Roda de Break no Local.
.
A 4 Anos o Governo Brasileiro enviou soldados nossos para o Haiti a mando da ONU (BUSH), o que é veiculado na TV é q eles estão lá para fazer uma Missão de Paz, garantir a paz lá no Haiti. Mas os fatos comprovam que o que as tropas de ocupação fazem lá é um verdadeiro massacre contra pessoas desarmadas e inocentes: crianças, trabalhadores, mulheres grávidas etc.
.
É uma verdadeira selvageria liderada pelo exercito brasileiro segundo os próprios relatórios da ONU em 7 horas de uma operação numa favela do Haiti foram gastos 22 mil balas, contra uma população inocente e desarmada... Além disso já foram gastos pelo governo brasileiro nesses 4 anos de ocupação 500 Milhões de reais, dinheiro que deveria ser investidos em escolas, geração de emprego, saúde, habitação etc... O povo haitiano não declarou guerra a nós brasileiros por isso exigimos de Lula a Retirada Imediata das Tropas Brasileiras do Haiti!
.
Esse Ato está sendo realizado pela Juventude Revolução Alagoas, UMESE, Apoio: Posse Atitude Periférica (Hip-Hop), Cia Hip-Hop, CUT, Sindpol.
.
Veja o video que denuncia massacres realizados em Cite Soliel no Haiti, a pretexto de se caçar membros de "gangs". Mostra a barbárie da ação das forças da ONU sob o comando do Exército Brasileiro. São imagens fortes que ferem os direitos humanos e se constituem em crimes de Lesa Humanidade.
.

.FONTE: HIP-HOP ALAGOANO

.

Confira as atividades culturais na Semana da Criança.

A partir da primeira semana de outubro, o grupo "A Família" estará realizando nas escolas da rede pública de Sumaré, na região da Área Cura, uma série de atividades culturais, envolvendo palestras com os integrantes do grupo e com convidados especiais das áreas da cultura, saúde, educação e lazer.

Confira os horários e as escolas onde ocorrerão as palestras do grupo "A Família" e convidados.

Dia 08/10 - Escola Maria Ivone Martins Rosa – Jd. Denadai. Das 16h às 17h30 e 19h às 21h. Participação da Psicóloga Lurdinha Backin e do jornalista Régis Bueno. E apresentação do B.Boy Jaylson Negão e do Teatro do projeto “Arja Vivendo A Família”.

Dia 09/10 - Escola Maria de Lourdes – Jd.Maria Antonia. Das 21h às 22h20. Participação do jornalista Régis Bueno (palestra sobre Preservação do patrimônio e educação).

Dia 10/10 - Escola Maria Sheila Alvez – Pq Das Nações. Das 08h às 09h30. Participação do jornalista Régis Bueno e apresentação do B.Boy Jaylson Negão.

As atividades marcam o início da Semana da Criança. Elaborada pelo projeto "Arja Vivendo A Família", uma parceria entre o grupo "A Família, a Aliança Revolucionária Jovens em Ação (ARJA) e a prefeitura municipal de Sumaré.

O projeto "Arja Vivendo A Família", com sede no Jardim Denadai - Rua 05 n° 292 Fone: 3832-8505 e-mail:vivendoafamilia@afamiliarap.com.br. Hoje presta assistência cultural e educacional a cerca de 150 crianças, adolescentes e jovens. O projeto será representado nas atividades da Semana da Criança pelos próprios alunos de cada oficina oferecida no projeto (Teatro, Street Dance e Dj).

As atividades vão até o domingo, dia 12 de outubro, dia das Crianças. No encerramento, que terá início às 15h, o público poderá conferir o NOVO show do grupo "A Família". O show "A Família - Mais Romântico" e Convidados.

Ouça AQUI a vinheta.

Confira os convidados.

- Um Só Ideal - Marcio Rap - Lucas e Breno - 288 - Mos Crew e Grupo Oju Oba -


"Criança Feliz é Razão Para Viver".

Realização: "A Família" e Aliança Revolucionária Jovens em Ação (ARJA)

Apoio: Pata De Monstro, G.Maior, A Casa, The Gate Lan House, A Rede Lan House, Secretaria de Saúde de Sumaré, Coordenadoria da Juventude de Sumaré, prefeitura municipal de Sumaré e projeto Escola da família.

Essa é para as nossas crianças e para nossas famílias.

"A Família" - Mais Romântico
2008.
http://afamiliarap.com.br/joomla/images/stories/familia/vinheta_sumare.mp3

SNIPER



PARA BAIXA a musica dele com a participação do pregador LUO APC16
É SÓ CLICA NO NOME SNIPER
QUE TA DE VERMELHO

Nascido em uma família evangélica, Sniper desde cedo teve contato com a música. Com 5 anos já contava no “Coral Infantil” da igreja. Nestas diversas etapas, passou por diversos corais, quartetos e grupos dentro do “Universo Gospel”.

1999: A fim de mandar sua mensagem e realizar um antigo sonho, Sniper monta seu grupo. Se reúne com Luther, um amigo de infância, com a idéia de transmitirem de forma informativa, instrutiva, e principalmente reenvindicativa suas experiências e visão de quem já sentiu, testemunhou e vivem o cotidiano das classes menos favorecidas da sociedade brasileira, através da música. Por se identificarem com o ritmo e este fazer parte de um movimento criado com o mesmo fim, escolheram o RAP como veículo para demonstração de seus talentos e principalmente com o intuito de que através do RAP pudessem ser porta-vozes desta classe, e através deste, conseguirem de alguma forma abrir portas para que estas pessoas pudessem ter o mínimo possível de seus direitos.
Para isto, a fim de deixarem esclarecidamente para todos uma de suas maiores diretrizes para conseguirem estes direitos, que é a informação, Sniper escolhe ARTIGO 5º como nome oficial do grupo. Após a integração do DJ Feca, em janeiro de 2000 sobem ao palco pela primeira vez, nascia assim mais um grupo de potencial musical, filosófico e artístico da Zona Sul de São Paulo.


2000: Começa a jornada de shows, palestras em escolas e centros comunitários, etc. Um dos shows mais marcantes deste ano, foi na quadra da “Gaviões da Fiel”:

2001: O grupo grava um CD Demo intitulado: “O Novo Velho Oeste”, com 4 faixas, relatando o cotidiano da sociedade de uma forma política e criativa.

2002: O grupo cede uma de suas músicas para uma Coletânea Musical, intitulada “Fábrica de Rima Vol. 1”. No mesmo ano, o grupo assina um contrato de 3 anos com a Gravadora Zâmbia Fonográfica, e começa gravar seu primeiro CD, intitulado “RESISTÊNCIA”, com 16 faixas e participações de vários nomes da música “Black” do Brasil, como: Z'África Brasil, Aliança Racial, Pregador Luo (Apocalipse 16), Sérgio Saas e integrantes do Raiz Coral, Grupo 4 Manos, entre outros.

2003: Após 1 ano e 2 meses de muito esforço, o mesmo está pronto para invadir o sistema com seu conteúdo ricamente musical e político.
O lançamento do mesmo é exposto na maior revista destinada ao público rap do país 'Rap Brasil'. Infelizmente, após várias tentativas de negociações com a gravadora, o mesmo não foi lançado e o contrato rescindido.

2004: O grupo continua com shows por toda a grande São Paulo e Interior, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

2005/2006: O grupo se ausenta por um período do público, priorizando outros projetos.

2007: Sniper ressurge para dar continuidade a sua missão, porém, agora não mais como grupo, mas solo.

LANÇA SEU PRIMEIRO DISCO intitulado “RESISTÊNCIA E INTELIGÊNCIA”, pela “RI FONOGRÁFICA” (seu próprio selo), distribuído pela “PORTE ILEGAL”

O DISCO

Não é à toa que o disco vem intitulado 'RESISTÊNCIA e INTELIGÊNCIA', pois nele o rapper retrata a luta que viveu e vive até hoje pra se manter focado num objetivo: ser um vencedor. O que para isto, segundo o rapper é necessário muita resistência e agir com inteligência, contra um sistema hipócrita, racista e cruel. Esta visão fica bem explicita na música 'Resistência' (faixa 4 do disco).

Em se falando de inteligência, o rapper fala da história do Brasil, de uma forma nunca vista, em uma faixa recheada com as participações dos Mc´s Gaspar e Funk Buia do Z´AfricaBrasil, faixa esta chamada: 'Brasil, terra à vista ou à prazo?', não precisa dizer mais nada né, é ouvir e conferir.

Como forma de entretenimento e como forma de homenagem aoo verdadeiros do hip hop, o rapper gravou uma faixa onde o mesmo usa um sampler do consideradíssimo rapper americano 'Whodini' da música 'I´m a ho', com um balanço contagiante, muito curtido nos bailes das décadas de 80 e 90 no Brasil (É assim sim).

O disco conta ainda com as participações do Pregador Luo, Sergio Saas e mais 13 músicos somando nos backing vocais.



← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Teste Teste Teste Teste

Com tecnologia do Blogger.

About me

luter3d@hotmail.com
hiphopnoar2008@hotmail.com


CONTATOS

CONTATOS
CONTATOS: luter3d@hotmail.com Luter

Formulário de contato

Nome

Email *

Mensagem *

Google+ Followers

Total de visualizações

Doggueto Original Hip Hop Wear

Doggueto Original Hip Hop Wear
Não simplemente uma logomarca mais sim uma forma inovadora de vestir o público jovem ................................ CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA

Visualizações

Archives

SUBURBANO CONVICTO

SUBURBANO CONVICTO
Livraria Suburbano Convicto * Especializada em Literatura Marginal Rua 13 de Maio, 70 - 2o and - Bixiga São Paulo - SP - CEP: 01327-000 (11) 2569-9151 www.livrariasuburbanoconvicto.blogspot.com suburbanoconvicto@hotmail.com * De segunda à sexta, das 10h às 19h

Minha lista de blogs

Translate

Teste Teste Teste Teste

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Popular Posts

Teste Teste Teste Teste


contador gratis

Flickr Images

Pages - Menu