RAÇABRASIL GOG


A capa da revista Raça Brasil deste mês de novembro traz, em sua capa, o rapper e ativista GOG. Na principal matéria da publicação, ele concede uma entrevista exclusiva ao jornalista Alexandre de Maio. Para GOG, o reconhecimento se torna mais marcante pelo fato de ocorrer em novembro, mês em que é comemorada a Consciência Negra (dia 20).

Com as gravações de seu décimo álbum em andamento, GOG é um dos principais nomes do hip-hop brasileiro e, neste ano, lançou A Rima Denuncia (Editora Global), seu primeiro livro, que traz 48 letras de diferentes fases de sua carreira. Mais do que falar em nome do hip-hop, na matéria publicada na revista Raça Brasil GOG representa uma contundente militância por igualdade racial, comenta a necessidade de políticas auto-afirmativas e frisa a importância da música e da literatura na politização da população.

a edição deste mês da Revista Raça, GOG é o grande destaque estampado na CAPA com uma entrevista exclusiva cedida ao jornalista Alexandre de Maio. É um fato marcante para o Músico e Rapper já que é um mês simbólico por ser comemorada a Consciência Negra no dia 20.

GOG vem representando muito mais que o Hip-Hop neste importante veículo para a negritude brasileira, representa a militância por igualdade racial, a necessidade de políticas auto-afirmativas e a importância da música e da literatura no processo de politização de um povo. Faz isso lembrando algumas de suas músicas e também do seu mais recente lançamento, o livro “A Rima Denuncia” lançado pela editora Global.

É uma ótima oportunidade de entender que devemos nos politizar, que a música e a literatura são veículos que historicamente contribuíram para isso e que dia 20 de novembro não é só mais uma data de calendário.


FONTES: CENTRAL HIP-HOP E GOG

Compartilhar Google Plus

Autor Luter Hip-hop no ar

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial