Lei reconhece hip-hop como movimento


RIO - O prefeito Eduardo Paes sancionou na quinta-feira feira a lei que classifica o hip-hop como movimento cultural musical de caráter popular. De autoria do vereador João Mendes de Jesus (PRB), a lei ainda proíbe qualquer tipo de discriminação, além de reconhecer os artistas como agentes de cultura.

— O hip-hop une o morro e o asfalto. Pessoas de todos os níveis sociais participam desses encontros. Há cerca de 20 anos, o hip-hop sofreu repressões, assim como o funk. A lei é uma garantia para que os movimentos culturais espontâneos não sejam objeto de censura — disse.

Cabe ainda à prefeitura assegurar a realização de festas, bailes e reuniões. Para o DJ Marcelo Guedes, integrante do grupo Fúria Hip-Hop, a lei é uma vitória para quem vive da arte.

— Estamos muito felizes com o reconhecimento. Acredito que, a partir de agora, vamos poder produzir mais eventos e profissionalizar o estilo musical — disse ele, que há 14 anos organiza eventos na Federação dos Blocos Afro do Rio de Janeiro (Febarj), na Lapa.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/lei-reconhece-hip-hop-como-movimento-5348669#ixzz1zIJ9S4y2
Compartilhar Google Plus

Autor paula forever

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial