Aliado G e Célio Turino promovem encontro literário em São Paulo


Na última segunda-feira (12), nem o frio espantou as pessoas que invadiram a Câmara de vereadores de Ribeirão Pires, última cidade do ABC paulista, para participarem do lançamento dos livros Ponto de Cultura e Hip-Hop a Lápis.

Célio Turino autor do livro Ponto de Cultura – Brasil de Baixo pra Cima foi o primeiro a expor. Leu trechos de seu livro e apresentou um pouco de sua ampla bagagem como desenvolvedor dos Pontos de Cultura.

Rafael da coperativa de artistas de Ribeirão a ARCA foi o segundo a falar seguido por Thiago Vaz graffiteiro que ilustrou o livro Literatura do Oprimido produzido pelo Ponto de Cultura Hip-Hop a Lápis.

Toni C. organizador do livro fez uma breve exposição de como esta obra se viabilizou. Dando o credito à Nação Hip-Hop Brasil entidade que acreditou na publicação. Quem fechou a atividade foi Aliado G, presidente da entidade, que era aguardado para apresentar seu depoimento.

Beto Teoria, Aliado G e Célio Turino

O rapper do grupo Face da Morte, autor do novo sucesso 1 di nóis (clique para ouvir), falou o que moveu a criar a entidade. Falou também da importância de registrarmos nossa história em livros. Fez uma análise sobre nosso papel nos espaços de desições e segundo Aliado G: “Precisamos ter cada vez mais um de nós dentro da universidade, um de nós em espaços de decisões como este” alertou o rapper.

A atividade mediada por Beto Teoria um dos 60 autores do livro foi promovida pela Nação Hip-Hop Brasil junto com a Arca.

Fonte: Hip-Hop a Lápis

Compartilhar Google Plus

Autor Luter Hip-hop no ar

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial