Entrevista exclusiva-C.J CLUE



Profissional

Revista Platina: Como e quando começou o seu interesse pela música, em particular o hip hop?

CJ Clue: O meu primeiro interesse no hip hop foi em 1998 quando ouvia os bros e kotas a cantaram, o kleva, o afroman, o ssp e eu naquela altura só tinha 13 anos e comecei a seguir. a Partir daí nunca mais desisti do rap.

R.P: Tem algum histórico de músicos na família?

CJ Clue: Não.



R.P: Quais as suas principais inspirações como musico?

CJ Clue: As minhas principais inspirações são, krs-one,emc,kool kleva,black milk,juelz Santana,the game,bob da range sense,valete & eu mesmo..porque sou diferente quando canto.



R.P: Músico, cantor, produtor e compositor considera-se um artista completo por todas as características que fizemos referência?

CJ Clue: Sim claro.. e muito mais.

R.P: No mercado fonográfico ainda não existe um álbum seu para quando esta previsto o lançamento do primeiro?

CJ Clue: Ja existem 2 mixtapes, e meu max single que lançei á 3 anos titulado C.J CLUE, o album vem ai este ano.. uma bomba, e prometo que vai dar.

R.P: E o porquê do titulo «This is tha moment (chegou o momento)?

CJ Clue: This is tha moment , porque ja passei em varias trajectorias e muitos troubles... razão pela qual eu disse que basta.. ultrapassei os problemas ,então chegou o momento. (THIS IS THA MOMENT)



R.P: Duas Caras, Kool Klever, Xtremo Signo, Malef, Anselmo, Megga, Abdiel e outros e nome de peso da musica africana P.Square fale-nos como é trabalhar com essa fera e particular os p Square?

CJ Clue: É mesmo ter o desejo & amor na musica..por isso musica não tem limites,barreiras e fronteiras... é o amor ao hip hop.

R.P: sei que recentemente abriu um estúdio e gravação que vai ajudar você e os músicos angolanos. Conte um pouco do processo de montagem e de que se pode esperar desse estúdio?

CJ Clue: Muita coisa boa que mercado angolano desejava,e pedia a muito tempo e pode se esperar muito trabalho e criatividade.

R.P: Em sua opinião, como está o hip hop em Angola? Está vivo ou morto?

CJ Clue: Na minha opinião o rap estaá em estado de coma, mas eu e meus real niggaz ,somos doctores especializados para traze-lo e recupera-lo á vida... mas HIP HOP ta bem vivo.

R.P: Quem você considera pior do momento no estilo que faz?

CJ Clue: Ele proprio se conhece... se eu dizer o nome vai dizer que é inveja...

R.P Na constante controvérsia divisão do estilo rap onde é que te enquadrarias. Um underground ou comercial?



CJ Clue: No meio. Enquadro no meio das duas coisas.

R.P: Agora tem se falado muito no circulo de hip hop nacional sobre o “beef”. Considera isto um mal necessário?

CJ Clue: Claro que sim. Principalmente eu sou contra de tudo isso tudo.. não gosto de beeef, mas também não evito.

R.P: o que se passou realmente entre você e Phather Mak?

CJ Clue: Uma injustiça e falta de sinceridade por parte dele. Ele usou um beat meu e meteu no album dele, sabendo que é meu e que vem no meu album.. O resto ja sabem...

R.P: Vários artistas nossos já foram publicamente tachados como sem personalidade, sendo considerados meras cópias de celebridades do showbiz americano. Você acredita que isso acontece frequentemente no nosso mercado? Se sim, avalias este como sendo o grande motivo para a falta de valorização dos nossos artistas?

CJ Clue: Sim, porque americanos não são angolanos, temos que nos valorizar.. muitos estão a perder as suas identidades e devem ser levados á wikipédia. Temos que ter a nossa propria e original imagem... embora uns 50 por cento de estilo americano. Mas não podemos ser 100% americano.

R.P: O significativo crescimento das vendas de CDs, expressa o aumento do poder aquisitivo dos fãs ou o aumento da qualidade dos nossos artistas?

CJ Clue: Nas mensagens não... as letras estão escassas e fracas , mas na qualidades de procução de cultura de compras de discos.

Pessoal

R.P: Se porventura entrasse neste momento por aquela porta, alguém que lhe tivesse feito muito mal como reagiria?

CJ Clue: Ignorava-o, tipo nada.

R.P: Achas que a humildade é para pessoas burras e servis?

CJ Clue: Não acho

R.P: Uma viagem inesquecível... ?

Não sei como explicar. Porque cada vez que viajo encaro-me com cenas boas e inesquecíveis, então não há como.

R.P: O que faz em seus tempos livres?

CJ Clue: nos meus tempos livres faço muita coisa, ler, ouvir rap , jogar basket,falar na net.

R.P: Qual a sua maior virtude?

CJ Clue: Teimosia. Mas no bom sentido.

R.P: Seus sonhos...

CJ Clue: Lançar meu CD,, e chegar sempre nos patamares mais altos

R.P: Seus medos...



CJ Clue: Não tenho.. caminho sempre com deus.. nada tenho á temer



R.P: Seu temperamento...

CJ Clue: calmo e frio.



R.P: Tem namorada?

CJ Clue: não. estou a procura da deusa , a princesa & anja do meu coração.

R.P: Gostaria de conhecer algum lugar especial?

CJ Clue: Paraíso

R.P: Na tua opinião, qual seria a solução para um mundo melhor?

CJ Clue: Pedir a deus que nos de força e que sejamos honestos, justos, amorosos e solidários um ao outro.

R.P: Se te fossem concedidos três desejos, quais seriam?

CJ Clue: Seria, lançamento do meu disco.,ter uma grande industria de musica e saude , amor & felicidade pra sempre.

R.P: Uma frase...

CJ Clue: Tudo é possível se acreditamos.

Revista Platina

R.P: O que achou da nossa revista?



CJ Clue: Uma revista boa e que ajuda e demonstra coisas excelentes de diversos ramos.



R.P: Como soube do projeto Revista Platina?



CJ Clue: através de alguns brothers que lêem essa revista.



R.P: Que recado/sugestão deixa aos seus criadores?

CJ Clue: Que continuem nesse projecto.. Porque é realmente muito fixe. Estimula a nossa mente e intelecto.

R.P: Que mensagem deixa ao publico Angolano e platinado?

CJ Clue: Que sejamos sempre unidos..













Compartilhar Google Plus

Autor Luter Hip-hop no ar

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial